CINEMA: Claudia Abreu: “É como se você sentisse a energia daquele lugar”

Claudia Abreu, que vive médica chefe de UTI em ‘O Rastro’, comenta bastidores de gravação de terror em hospital: ‘minha primeira sensação foi de desconforto total’. Hospital real abandonado no Rio de Janeiro foi cenário de longa que chega aos cinemas nesta quinta-feira, 18 de maio

O sombrio hospital de “O Rastro” provocou calafrios ainda durante as gravações do longa-metragem. Ao entrar pela primeira vez no set de filmagem montado em um antigo hospital desativado do Rio de Janeiro, no qual o teto parecia que iria desabar a qualquer instante, a atriz Claudia Abreu, se sentiu desconfortável. “É como se você sentisse um pouco a energia daquele lugar”, conta a atriz que interpreta Olívia, a médica chefe da Unidade de Tratamento Intenso da história.

Além da sensação sinistra, Claudia Abreu revela que o roteiro original, de um filme de terror em um hospital público, foi o que a seduziu para fazer parte da produção. “Eu acho que não tem nada mais original do que um filme de terror num hospital público brasileiro. É um filme de terror com um assunto muito importante por trás”, acredita.

SOBRE O FILME
“O Rastro” traz no elenco Rafael Cardoso, Leandra Leal, Claudia Abreu, Felipe Camargo, Jonas Bloch e Alice Wegmann. Dirigido por J.C. Feyer, o longa estreia nesta quinta-feira, 18 maio de 2017. A produção é da Lupa Filmes em coprodução com a Orion Pictures e a Imagem Filmes, que também cuidará da distribuição no Brasil.

Trailer lançado durante a Comic Con: https://youtu.be/gJA9Wbaeq1U .

SINOPSE
João (Rafael Cardoso) é o médico escolhido para coordenar a remoção de pacientes de um antigo hospital prestes a ser desativado. Na noite da transferência, uma menina de 10 anos desaparece sem deixar vestígios. Quanto mais João se aproxima da verdade, mais ele mergulha em um universo obscuro, que nunca deveria ser revelado.

* Fonte: equipe Agência Febre

Autor: Maria Rita

Compartilhe esta notícia no
468 ad