LOUVEIRA: Mulher morre na Santa Casa com suspeita de H1N1

A jornalista Fabiana Marchezi do Carmo Bezzi, de 35 anos, morreu no final da noite de ontem, sexta-feira (6), na Santa Casa de LOUVEIRA, com suspeita de gripe #H1N1. De acordo com familiares, Fabiana estava com quadro de gripe desde a última segunda-feira, mas se agravou e foi hospitalizada. A jornalista trabalhou no Correio Popular, em Campinas, e atuou também no Estadão e no UOL. Casada, morava em LOUVEIRA há três anos. Um dos desejos da jovem, segundo a prima Daniele Gana de Toledo, era de ser cremada. A Santa Casa de LOUVEIRA entrou em alerta por causa da disseminação do vírus. Nesta semana, um idoso de 66 anos morreu na Santa Casa de VALINHOS, vítima de gripe H1N1.

Autor: Julliano Gasparini

Compartilhe esta notícia no
468 ad