LOUVEIRA: Vereadores cobram secretários da Saúde e Serviços Públicos em sessão

Nilson Cruz e Rodrigão, ambos do PSD, pediram para os responsáveis pelas Pastas de Serviços Públicos e Saúde, respectivamente, atenção especial a suas indicações na sessão da Câmara de LOUVEIRA na quinta-feira (7). O evento ordinário quinzenal do Legislativo – o terceiro de 2019 – parecia que seria tranquilo, com homenagem a um ilustre cidadão do município (Frederico Pagotto), cinco projetos de lei aprovados e dois vereadores usando a tribuna da Casa para cobrar os secretários de Serviços Públicos, Humberto Monteiro, e de Saúde, José Carlos Bellussi, através de repetidas indicações.

Parlamentar do PSD, Nilson Cruz fez uso da palavra na sessão desta terça e cobrou secretário de Serviços Públicos através de várias indicações

Os dois parlamentares mais críticos na sessão foram Nilson Cruz e Rodrigão, ambos do PSD. O primeiro reforçou os reiterados pedidos para que Humberto fique atento em relação à falta de iluminação da Estrada da Cruz Grande, à necessidade de tapar os inúmeros buracos que surgiram nas ruas com as últimas chuvas, à retirada da caixa d’água desativada do Vista Alegre e à instalação de um ponto de ônibus na Estrada Pau a Pique (próximo ao número 999). “Há também a necessidade de tirar os carros abandonados em LOUVEIRA, que ficam ocupando vagas que poderiam ser usadas pelos munícipes (ilustrada por várias matérias da FOLHA)”, disse Nilson.

Rodrigão foi enfático na cobrança ao secretário Bellussi, de Saúde. “É a terceira vez que faço esta indicação de prioridade na implantação do Centro de Diagnósticos por parte do Poder Executivo. Outros pedidos meus ligados à Saúde têm a ver com a melhoria no agendamento e acolhimento nas UBSs e a criação de um aplicativo de celular para indicar a disponibilidade de medicamentos nestas unidades de saúde”, reiterou.

A dupla do PSD e seus colegas lembraram na sessão desta quinta do Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta sexta (8), lembrando sempre das respectivas esposas e mães. “Muitas mulheres são mais fortes do que nós, homens. Parte delas chega em casa após o trabalho e ainda cuida dos filhos”, comentou Rodrigão.

PROJETOS DE LEI
Cinco foram os Projetos de Lei (PLs) aprovados pelos vereadores de LOUVEIRA na terceira sessão ordinária do ano. O PL 11/2019 deu o nome de Frederico Pagotto à Escola Municipal de Ensino Básico (Emeb), que será inaugurada no próximo dia 21 (aniversário da cidade) na rua Boa Vista, no Residencial Cavalli. Nascido em 1926, Frederico é filho de imigrantes italianos que vieram para a Região em 1894. Os pais do homenageado trabalharam nos cafezais e depois nas plantações de uva louveirenses.

Pagotto fundou a Banda Progresso Louveirense e alguns de seus parentes marcaram presença na sessão de quinta-feira. Tiraram fotos com os vereadores. O projeto de denominação da escola no Residencial Cavalli é de autoria do presidente da Casa, Laécio Neris (PTB), e foi aprovado por unanimidade, após decisão dos parlamentares de dizerem “sim” a um regimento de emergência que fez o projeto ser incluso na ordem do dia ao lado de outras quatro propostas. O PL 11/2019 deu entrada na Câmara nesta quinta e só deveria ser aprovado na próxima sessão, marcada para 19 de março, ou na seguinte (2 de abril).

Outros projetos aprovados foram o PL 47/2018, uma adequação da lei solicitada pelo Executivo que instituiu o regime de previdência complementar na cidade (atendendo determinação do Legislativo Federal) para os servidores que assumirem cargos a partir da vigência da lei; o PL 2/2019, de Nilson Cruz, que prevê a fixação de cartazes em escolas e unidades de saúde sobre o método chamado de “Manobra de Heimlich” (que ajuda as pessoas a desengasgar após procedimento que empurra o objeto para fora); o PL 4/2019, da vereadora Priscilla Finamore (PRB), relacionado à criação em LOUVEIRA da Semana de Conscientização Animal (alertando para o abandono de bichos no município); e o Projeto de Decreto Legislativo 1/2019, da Mesa Diretora, que institui um programa de estágio na Câmara. Esta proposta criará, num primeiro momento, seis vagas em seis áreas da Casa para estudantes de universidades da Região. A seleção dos candidatos será feita apenas por servidores concursados do Legislativo.

Laécio, presidente da Câmara de LOUVEIRA, posa para foto com membros da família Pagotto. Frederico Pagotto agora dá seu nome a escola do Residencial Cavalli

(Por Paulo Behr Ferro – Repórter Especial para a FOLHA NOTÍCIAS)

Autor: Geraldo Maia 62

Compartilhe esta notícia no
468 ad