VALINHOS: DAEV aprovado em primeiro lugar na chamada pública da CPFL-PAULISTA

Conquista traz a possibilidade de redução do consumo de energia na iluminação pública através do uso de tecnologia mais eficiente

O Departamento de Águas e Esgotos de VALINHOS foi contemplado em primeiro lugar na Chamada Pública 001/2016, lançada pela Concessionária CPFL Paulista, com valor de investimento de R$ 1 milhão.

“Parabenizo os nossos servidores criativos e empenhados que lutaram por esta causa. É o ponto de partida para melhorar algumas situações na Autarquia, como aliviar o preço da tarifa para os consumidores, tendo em vista que a energia elétrica impacta na composição do preço. Melhorias que vão refletir no município de uma forma muito positiva. Muito boa essa solenidade de hoje, pois eu sempre acredito que é a partir delas que são fixados compromissos. Saímos desse dia de hoje sabendo que vamos ter algo brilhante daqui um tempo. Esse projeto veio de um grupo dentro do DAEV, mas outros poderão vir também. O prefeito já está montando uma equipe para apresentar um projeto nesse sentido”, declarou o presidente do DAEV, Pedro Inácio Medeiros.

A parceria do Termo de Cooperação Técnica entre o DAEV e a CPFL Paulista foi assinada na tarde da última quarta-feira (17) pelo prefeito Orestes Previtale e o gerente de Negócios da CPFL Paulista, José Nanini Neto. O evento aconteceu na Prefeitura Municipal de VALINHOS, e contou com a presença do prefeito, Orestes Previtale, Vice- Prefeita Lais Helena, Engenheiro de Eficiência Energética da CPFL, Fábio de Souza Florentino; Sócio-Proprietário da empresa Linedata, Marcos Antonio Danella ; Diretor Técnico Operacional da ARES- PCJ, Carlos Gravina; gerente de negócios da CPFL, José Nannini Neto; a equipe do DAEV, e o Presidente, Pedro Inácio Medeiros que, além de representar a Autarquia, fez as vezes de chefe de cerimonial.

Segundo o prefeito, é de grande importância essa parceria no que diz respeito à economia e melhoria da eficiência energética. “Caso o gasto de energia da empresa ultrapasse o planejado, pode ser um indicativo de que há perdas, desperdícios ou mau funcionamento de equipamentos. Um projeto como este fornece soluções para economia de energia e, consequentemente, de gastos. Chegou a oportunidade e precisamos aproveitar”, disse Orestes.

A verba será investida na instalação de 738 lâmpadas de LED com uma economia estimada de até 60%, 10 aparelhos de ar condicionado eficientes e um software para gestão de rede de água e esgoto.

“É uma conquista de todos. 50% do consumo de energia elétrica do DAEV é de captação de água. Com o tratamento e distribuição, esse número passa para 86%. Então o projeto é fundamental. Vamos ter um ganho muito grande conseguindo gerenciar as perdas. Hoje é uma semente que está sendo plantada que no futuro vamos colher frutos que serão muito gratificantes para todos”, esclarece o engenheiro Ricardo Rogerio Gardin, diretor do departamento de planejamento, obras e fiscalização do DAEV.

Autor: Maria Rita

Compartilhe esta notícia no
468 ad