VINHEDO: Implantação de câmeras de monitoramento nas escolas municipais aumentam a segurança nas unidades

As Escolas Municipais e os Centros de Educação Infantil de VINHEDO estão recebendo a implantação de câmeras de monitoramento 24 horas para aumentar a segurança nas unidades. A instalação dos equipamentos está sendo realizado pela secretaria de Educação em parceria com empresas de VINHEDO por intermédio da Lei Empresa Amiga de VINHEDO (Lei 3761/17) e a Associação de Pais e Mestres (APM’s). “Desde que firmamos essa parceria já conseguimos implantar o monitoramento em 82% das unidades escolares. Elas estão interligadas via sistema com o Copom da Polícia Militar, transmitindo imagens em tempo real para os usuários do sistema, permitindo a prevenção contra atos de invasão e vandalismo”, afirma o prefeito Jaime Cruz.

O sistema de monitoramento implantado nas escolas não depende de infraestrutura como cabeamento, internet e linha telefônica, faz o registro de imagens e fotos em menos de 60 segundos para avisar a polícia e permite o acesso remoto e o controle por smartphone. Além disso, o sistema tem a função SOS áudio e escuta através de painel de alarme e a qualificação de disparo falso.

EMPRESAS PARCEIRAS

 As treze empresas que forneceram os kits de monitoramento para instalação nas escolas por intermédio da Lei Empresa Amiga de VINHEDO (lei 3761/17) são: Alfalog, Casa da Impermeabilização, Casa das Tintas, Franho Máquinas e Equipamentos, Litografia Bandeirantes, Marmoraria Ferraz, São Joaquim Transportes, Supermercados Infanger, Supermercados Caetano, Vinhepaper Papelaria, Farmácia Capela, Cieni Pinturas e Romão Locação. “As empresas que forneceram os kits de monitoramento possuem funcionários que já foram alunos da Rede Municipal de Ensino e agora têm filhos e netos que estudam nas escolas municipais. Além de contribuir na melhoria de vida de uma comunidade, essas empresas estão colaborando para a segurança de mais de 10.400 alunos que estudam nas escolas municipais”, destacou o secretário de Educação Gilberto Lorenzon.

Autor: Julliano Gasparini

Compartilhe esta notícia no
468 ad