VINHEDO: Vereador que pode ser cassado faz novas denúncias

Edson PC enfrenta processo de cassação. Desta vez, o caso é de agressão

Durante a 56ª sessão ordinária na segunda-feira (14), no plenário da Câmara Municipal de VINHEDO, o polêmico vereador Edson PC (PDT) fez novas denúncias de supostas ilegalidades cometidas pela Administração atual, desta vez com relação aos preços pagos para os exames de mamografia realizados no município de Bragança Paulista. Segundo o vereador Edson PC, a Prefeitura de VINHEDO excede os valores pagos pelas mamografias. “No conjunto, o valor excedente desde 2015 excede os R$ 408.389 mil, o que daria para comprar dois aparelhos de mamografia e assim evitar o deslocamento dos pacientes para Bragança, uma cidade distante onde ficam o dia inteiro aguardando a realização do exame”, denuncia o vereador oposicionista. Edson PC também abordou o acidente com um caminhão da Prefeitura que, segundo ele, estava com pneus carecas.

CASSAÇÃO SE APROXIMA
Por outro lado, o vereador Edson PC teve até sexta-feira (11), para apresentar sua defesa com relação ao processo de cassação que está sendo movido contra o seu mandato por causa das ofensas e agressões que, supostamente, cometeu contra médicos de um Posto de Saúde de VINHEDO, e que por causa disso está sendo acusado por falta de decoro parlamentar e agressão a funcionário público. O documento foi lido em sessão e logo após a entrega da defesa do acusado, será votado em plenária a possível abertura de uma Comissão Processante para avaliar o caso. Se aprovado, Edson PC terá seu mandato cassado imediatamente, e assim, o suplente Carlinhos Paffaro, toma posse em seu lugar.

Rodrigo alertou que pode faltar água em VINHEDO

MEIO AMBIENTE
O também oposicionista, considerado mentor de Edson PC, vereador Rodrigo Paixão (Rede) se queixou do que ele considera um descaso da Prefeitura de VINHEDO para com o meio ambiente. “Foi por isso que perdemos o selo VerdeAzul, o município já chegou ao limite do uso da água por causa desse pouco caso com o meio ambiente, o prefeito promete, mas não cumpre o prometido, a exemplo do Bairro Colinas de San Diego que ele prometeu construir uma estação elevatória, e não cumpriu, causando um prejuízo muito grande ao meio ambiente, econômico e humano”, entende Rodrigo Paixão.

COMBATE AO ABUSO SEXUAL DE CRIANÇAS
No espaço dos Representantes, esteve ocupando o microfone da Câmara a coordenadora do Conselho Tutelar de VINHEDO, Lucilene Albino, que chamou a atenção de todos para a passagem do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes que é celebrado anualmente em 18 de maio. Segundo Lucilene é assustador o número de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes no país. “Em 100 casos de violência contra a criança e o adolescente, apenas 7 são divulgados. Por isso, foi criada esta data com o intuito de ajudar a combater este mal que destrói a vida de milhares de jovens todos os anos”, revela.

CASO ARACELI
Segundo Lucilene, a escolha desta data é em memória do ‘Caso Araceli, crime que chocou o país na época. “Araceli Crespo, uma menina de apenas 8 anos de idade foi violada e violentamente assassinada em 18 de maio de 1973. O crime, apesar de hediondo, ainda segue impune. Mas, através da lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000, foi instituído oficialmente no país o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.”, lembra Lucilene.
Com relação dia de combate à violência contra a criança e o adolescente, o presidente da Casa de Leis, vereador Nil Ramos (PSDB), lembrou que existe em VINHEDO uma lei municipal criada pelo então vereador Carlinhos Paffaro que dispõe sobre combate à violência sexual contra a criança e o adolescente e sugeriu transformar essa lei em torno de um dia passando a englobar uma Semana do Combate à Violência Sexual à Criança e ao Adolescente. Outro que fez questão de expressar o seu apoio ao combate à violência contra a criança e o adolescente foi o vereador Paulinho Palmeira (PV) porque julga da maior importância que esse combate seja ampliado cada vez mais em toda a sociedade brasileira. Paulinho lembrou também que esteve com o secretário Marcio Cesar Campos (Balu) da SERM, Secretaria Municipal de Serviços para tratar de aspectos sobre a manutenção da cidade, principalmente no tocante à má utilização do lixo.

Lucilene Albino, do Conselho Tutelar, chamou a atenção de todos para a passagem do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

O vereador Edu Gelmi (MDB) também se manifestou em apoio ao combate à violência contra a criança e adolescente em seus diversos aspectos e parabenizou o Conselho Tutelar de VINHEDO pelo belo trabalho que sempre realiza na cidade. Edu Gelmi reconheceu que a Santa Casa de VINHEDO está operando a todo vapor e gostaria que não onerem mais a Santa Casa para que ela possa executar a sua tarefa em paz. Quanto à reunião dom os comerciantes do grupo ‘Vigilantes do Centro’, Edu Gelmi declarou que eles querem aquilo que deve ser feito porque sofrem há vários anos. “Não perguntaram a ninguém sobre as mudanças no trânsito na cidade e mesmo assim a Prefeitura fez como bem entendeu e acabou prejdicando muitos comerciantes e estabelecimentos. Eles pedem de novo, um Plano de Ação com começo, meio e fim. Pois já são anos de prejuízos por causa de mudanças feitas sem planejamento e sem ouvir a população”, opina. Quanto à falta de água Edu resumiu: “se não economizar vai faltar na cidade. E não é utopia fazer represa na Capela. Já tem vários terrenos desapropriados para isso. Só quero ver a apresentação do Plano Hídrico para VINHEDO, como é que vai ficar. Se não economizar, vai faltar água”, reitera Edu Gelmi.

PRÓXIMA SESSÃO
O projeto de Lei Complementar nº 2/2018 que dispõe sobre concessão de terreno para construção de Casas Populares e as faixas salariais observadas para inscrições, a sessão foi suspensa por 20 minutos para os vereadores debaterem as mudanças que o substitutivo apresentou com relação ao original, mas não houve acordo e a votação do projeto de mais Casas Populares ficou para a próxima sessão.

MAIS RONDAS
No mais, foram 4 projetos de Lei aprovados, 2 projetos de Decreto Legislativo, 5 requerimentos e 3 moções, todos aprovados por unanimidade. E 16 indicações foram apresentadas, entre as quais, duas do vereador Marcio Melle (PNN), uma que pede a viabilização de estudos para aquisição urgente de novos aparelhos Auto Refratores (Equipamento para exames Oftalmológicos) e a que sugere a intensificação de Rondas policiais, principalmente no período noturno, no Terminal Rodoviário Antônio Zechin, localizado na Avenida Independência.

Nil Ramos (PSDB), lembrou que existe em VINHEDO uma lei municipal criada pelo então vereador Carlinhos Paffaro que dispõe sobre combate à violência sexual contra a criança e o adolescente e sugeriu transformar essa lei em torno de um dia passando a englobar uma Semana do Combate à Violência Sexual à criança e ao adolescente

A Associação dos Moradores do Vale Verde mais uma vez compareceu à sessão, esperando solução quanto aos problemas de divisa entre VINHEDO e VALINHOS

Conselheiros Tutelares recebem homenagem da Câmara

Autor: Julliano Gasparini

Compartilhe esta notícia no
468 ad