GERAL: Dia do Bombeiro Brasileiro é comemorado Hoje

Em um momento de descrédito quase total com relação às instituições públicas e privadas no País, nada mais justo comemorar o Dia do Bombeiro neste dia 2 de julho como homenagem ao constante devotamento, e aos atos de heroísmo, praticados por todos os que pertencem, e tem pertencido, a essa exemplar corporação, uma das poucas na qual o povo plenamente confia.

O Dia do Bombeiro foi criado no Rio de Janeiro em 2 de julho de 1856, para rememorar a criação do Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, e homenagear o primeiro comandante, major João Batista de Morais Antas. Oficialmente, o Dia do Bombeiro Brasileiro foi instituído através do decreto de lei nº 35.309, de 2 de abril de 1954.

GRANDE AMIGO
As guarnições do Corpo de Bombeiros são várias em todo o Brasil, estão sempre prontas a socorrer para onde se faça necessária a sua ação, quer para debelar incêndios, quer para salvar vidas, humanas ou mesmo de animais, em quaisquer circunstâncias. O bombeiro é um grande amigo de todos nós e, por isso, é de plenamente justificado a comemoração do seu dia.
A FOLHA NOTÍCIAS esteve no Posto de Bombeiros de VINHEDO conversando com um dos integrantes do grupo em prontidão, o soldado Polidoro, que falou um pouco sobre o trabalho dos bombeiros na cidade e em outros municípios da região e das condições de trabalho que são postas para que os bombeiros possam realizar o seu trabalho em prol da vida como um todo da melhor maneira possível.

EQUIPAMENTOS BÁSICOS
O posto de VINHEDO possui um caminhão para combater incêndios e realizar salvamentos, e uma ambulância de Resgate para atuar em acidentes com traumas e apoiar o caminhão, e mesmo em emergências clínicas. Mas a dificuldade maior passa pela questão do efetivo, reduzido para atender a demanda, e com relação ao espaço físico e a ausência de banheiros suficientes para atender um total de 27 pessoas, entre soldados, cabos, sargentos e o subtenente.
São sete bombeiros em prontidão em regime de 24 por 48 horas trabalhadas. No nosso posto estamos em um prédio com 30 anos de uso, projetado para uma realidade onde atuavam apenas quatro bombeiros e temos apenas um banheiro. Mas devido a idade o prédio sempre apesenta problemas na parte hidráulica e elétrica. No mais temos todo o sistema básico funcionando. Faltam equipamentos pouco utilizados como o ‘aparelho de poço e a balsa”, entende o soldado Polidoro.

PORTAS ABERTAS
Apesar de pequeno, o posto de Bombeiros de VINHEDO tem atendido bem a todas as solicitações dos moradores de VINHEDO e LOUVEIRA (uma das poucas cidades a não possuir sede de Bombeiros). “É claro que não resolvemos tudo, mas em geral estamos prontos a atender a população e de portas abertas para visitação, de modo que todos possam conhecer o trabalho dos bombeiros de perto. Além de VINHEDO atendemos também LOUVEIRA e estamos sempre apoiando e sendo apoiados por VALINHOS e os outros postos do nosso SGB (Subgrupamento) que é formado por Jundiaí, Itupeva,VINHEDO e VALINHOS, com sede em Jundiaí, que tem o tenente Zucom como comandante”, informa Polidoro.

BOMBA DESATIVADA
Entre as ações mais importantes efetivados pelos bombeiros de VINHEDO estão desde um animal em captura a uma ocorrência com explosivos. “Ocorrências com explosivos nos leva a solicitar os serviços do GATE (Grupo Policial de Operações Táticas Especiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo) para desativar qualquer artefato. Uma dessas ocorrências se deu no ano passado quando o dono de um terreno contratou uma pessoa sem experiência para explodir umas pedras por conta própria. Houve a denúncia e fomos atender. Fizemos o isolamento de segurança, constatamos que se tratava de explosivo e tivemos que trazer o GATE para fazer o desarmamento da bomba, que poderia vitimar a pessoa contratada, o dono, ou qualquer pessoa da vizinhança”, lembra o bombeiro Polidoro.

RESGATE É SÓ COM BOMBEIROS
O soldado Polidoro afirmou que tem causado muitos problemas a confusão que é feita entre o Resgate dos Bombeiros e a ambulância da Prefeitura ou Santa Casa, para atendimento de emergências clínicas. Essa ambulância foi usada por algum tempo de modo ilegal como resgate por não haver ainda Posto de Bombeiros em VINHEDO. Mas só nós bombeiros podemos, por lei, atuar como resgatistas. A ambulância Municipal não dispõe dos equipamentos que o nosso Resgate utiliza nas ocorrências de trauma porque a função dela é atender as emergências clínicas e nós com as traumáticas e no apoio ao caminhão de combate a incêndios e de salvamento. É preciso ficar bem claro para a população que a ambulância da Prefeitura é para atender emergências clínicas. Claro que a depender do ocorrido nós do Resgate atuamos nas emergências clínicas e a ambulância nas traumáticas, mas só em último caso”, esclarece Polidoro.

AÇÃO EDUCATIVA
Mas, apesar de tudo, a relação dos bombeiros com a população é a melhor possível. “Alguns ligam achando que vamos resolver qualquer problema. Não é bem assim. Isso ocorre muito em função de ainda faltar o trabalho educativo que precisa ser posto em prática nas escolas de VINHEDO e de LOUVEIRA, o que não tem acontecido por falta de efetivo, de dispor alguém para realizar essa atividade educativa que já existe em forma de cartilhas e panfletos elaborados pela Polícia Militar do Estado de São Paulo”, informa o soldado Polidoro, que em nome da Corporação de VINHEDO, agradece a toda população pela homenagem. “VINHEDO, LOUVEIRA e região podem contar com esta Corporação de Bombeiros, que presa pela segurança e pela vida de todos”, completou o soldado bombeiro.

468 ad