GERAL: Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez. Preserve a sua audição.

dia-nacional-surdezA ‘overdose sonora’ que atinge a todos diariamente, voluntária ou involuntariamente, pode trazer consequências nefastas à audição, prejudicando aos poucos nossa capacidade de ouvir. O tráfego intenso e barulhento nas cidades; a música em decibéis acima do indicado em shows e boates; o som sempre altíssimo nos fones de ouvido; sem falar nos barulhos naturais da casa, escola ou do trabalho.  Por isso, em 10 de novembro, Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez, o alerta é importante.

A perda de audição vem ao longo do tempo e pode chegar mais cedo se não nos resguardarmos quanto ao excesso de barulhos no cotidiano. E as novas gerações serão as maiores vítimas, como preveem os especialistas. Muitos jovens já incorporaram o hábito de ouvir música por meio de fones que conduzem o som alto diretamente ao canal auditivo, o que é péssimo para a audição. São os próprios médicos e fonoaudiólogos que alertam: a juventude deve ter mais consciência quanto aos riscos do som alto e proteger a audição sob pena de ter perda auditiva antes de envelhecer ou até mesmo antes da meia-idade.

Ao desconfiar de dificuldades para ouvir, consulte um médico otorrinolaringologista para obter um diagnóstico preciso. A partir de avaliações como a audiometria, é indicado o tratamento adequado. Muitas vezes, o uso de aparelho auditivo devolve a alegria de ouvir, facilita o dia a dia e melhora a autoestima. Atualmente os aparelhos são minúsculos, discretos, alguns são até invisíveis, pois ficam dentro do canal auditivo, mantendo a elegância de quem os usa.

468 ad