LOUVEIRA: Coluna de João Batista – ‘Louveirando’

Falar bem, faz bem. Assim a vida segue, e eu sigo a vida, boa vida daqui em LOUVEIRA. Por esses dias passados acontecimentos muitos tristes me cercaram, falo aqui da perda de amigos queridos. Nesses momentos costumo meditar bastante sobre a vida e o sentido da vida, e, percebo que a vida continua e, graças a Deus, nós continuamos vivendo. Cada pessoa dentro da sua perspectiva, dentro do seu saber e dentro do que lhe cabe, considero este ponto o mais importante, pois é muito difícil compreender o que nos cabe. Se for uma coisa muito boa, a gente comumente deixa passar em branco, como merecedores naturais e, se for uma coisa não tão boa, aí sim, responsabilizamos os outros, a vida e até Deus. Vejo muito disso.


Por isso hoje eu quero falar do bem que existe em nós, do bom que está em
cada um, pelo menos na maioria das pessoas com quem convivo. Com esses
pensares saí pela nossa LOUVEIRA buscando alegrias, e encontrei. Parei para observar algumas obras que estão sendo realizadas e esta, a represa que fornecerá mais água à nossa cidade, está deslumbrante. Aqui uso a palavra deslumbrante como positiva, pois o deslumbre muitas vezes não é uma coisa positiva, se usado como vaidade, como alienação, como sinônimo de perfeição. Não é o caso, neste caso, acredito eu.

Também neste caso, não é de maneira nenhuma propaganda política, até
porque nunca me pediram nada que pareça propaganda, e eu, tenho a
liberdade de escrever sobre o que eu queira, e por isso sempre me sinto a
vontade diante das letras do teclado, guiado pela minha cabeça e pelo meu
senso crítico diante dos fatos e dos atos. Já que toquei no assunto “ato”,
repudio qualquer candidato que fale mal de outrem, que jogue sujo e que, não tenha o senso democrático. Há por agora os pré-candidatos que me
procuraram, poucos na verdade, alguns na minha opinião, bem capacitados, outros oportunistas (risos), o que não é tão errado assim, pois se há uma oportunidade, é lógico que se queira usar. Pois é, a palavra “oportunista” deve ser melhor estudada, ou trocada por “oportunidade”. Sei, valho um voto. Não ria, você também vale exatamente um voto.
Onde chegaremos quando entrar novembro? Ainda não sei, mas espero que
cheguemos a um bom resultado, a continuidade do que esteja correto, e
principalmente que cada votante, tenha a consciência do que esteja fazendo na hora de teclar a urna eletrônica. Não sei se será urna eletrônica esse ano, mas qualquer que seja caso, há que se ter consciência. Passaremos todos, mas LOUVEIRA seguirá em frente, então que deixemos um bom legado.


Trila Sonora / Tempo de Alegria / Ivete Sangalo

Autor: Geraldo Maia 62

Compartilhe esta notícia no
468 ad