LOUVEIRA: Sindicato dos Servidores de Louveira tem feira proibida pela Prefeitura

lou_sindicato_cred-divulgacao-jpg-2Uma feira particular para venda de roupas e calçados, restrita aos servidores públicos municipais de LOUVEIRA, na qual para comprar tem de apresentar o holerite, foi proibida de ser realizada essa semana de 7 a 11 de novembro, das 8 às 19h, na sede do Sindicato, Rua Armando Steck, 378, sala 7.

“A prefeitura foi arbitrária e precipitada”, dispara Valteni Santos, presidente do Sindicato dos Servidores VALINHOS, LOUVEIRA e Morungaba, inconformado com a proibição. Segundo Santos, a Prefeitura alegou que a Associação Comercial (ACE) de LOUVEIRA reclamou da feira ao secretário de Desenvolvimento Urbano, Jailson Marinho, que imediatamente proibiu a feira dos servidores de ser realizada. “Como a Associação Comercial pode ser prejudicada se a feira é restrita aos servidores que só poderão comprar apresentando o holerite? Além disso, o evento acontece na sede do sindicato, a Prefeitura não tem autoridade sobre a entidade que atende à legislação nacional. Vamos tomar as medidas cabíveis na justiça para garantir nossos direitos”, garante o presidente Santos.

A equipe da FOLHA não conseguiu contato com Jaílson Marinho.

468 ad