REGIÃO: Polícia prende pai e filho por fraudar venda de 16 terrenos

Duas pessoas foram presas pela Polícia Civil de VALINHOS por estelionato, na manhã de quarta-feira (21). Pai e filho são suspeitos de venderem dezesseis terrenos pertencentes a outras pessoas como se fossem deles. Uma área localizada no bairro São Marcos, em VALINHOS, foi loteado em sete e cada espaço foi vendido por R$ 65 mil.

A dupla foi presa em flagrante em um restaurante próximo da rodovia Anhanguera, em LOUVEIRA. Uma das vítimas avisou a Polícia que os suspeitos estavam no local.

Celso Eduardo José Aiardello, de 38 anos, e Sebastião Celso Giardello, de 65, filho e pai respectivamente. O filho era alvo de nove inquéritos, além das sete denúncias envolvendo a área loteada. Eles moram em São Paulo, fato que dificultou a localização por parte da Polícia.

A Polícia Civil também apreendeu supostas pedras preciosas na casa da dupla. Nesta sexta-feira (23) eles passam por audiência de custódia. O caso foi registrado no 1º DP de VALINHOS. Há investigação de que eles tenham atuado também em negócios nas cidades de VINHEDO e LOUVEIRA. Caso alguém, que tenha sido prejudicado por este mesmo crime, e reconheça ambos os acusados, deve ligar para o número 181, o Disque Denúncia da Polícia.

 

468 ad