REGIÃO: Projeto Guri abre processo seletivo para seus Grupos de Referência (GR) no interior e litoral de São Paulo

 

projeto guri

O Projeto Guri – programa de formação musical da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – voltado para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos incompletos – realiza até o dia 25 de novembro, as inscrições para o processo seletivo para o ingresso de alunos e ex-alunos em seus Grupos de Referência. Criados em 2010, com o objetivo de estimular e intensificar o aprendizado e a qualificação de seus alunos e ex-alunos, os Grupos de Referência (atualmente patrocinados pelas empresas Capitale Energia e Catho) estão concentrados em 12 cidades: Araçatuba, Bauru, Franca, Itaberá, Jundiaí, Lorena, Ourinhos, Presidente Prudente, São Carlos, São José do Rio Preto, Santos e Sorocaba.

Interessados devem frequentar ou ter frequentado (no caso dos ex-alunos) as atividades das turmas avançadas do programa.   A idade mínima para participar da seleção é de 8 anos e a máxima é 21 anos.  Para 2016, serão oferecidas 408 vagas para bolsistas. Com vigência máxima de 12 meses consecutivos, as bolsas são divididas em três categorias: Bolsistas sem auxílio financeiro – são 147 vagas para alunos que frequentam as atividades das turmas avançadas dos polos de ensino; Bolsistas Performance – com 226 vagas para alunos e ex-alunos, entre 12 e 20 anos. Estes recebem auxílio financeiro no valor de R$300,00 mensais; Bolsistas Aprendiz – com 35 vagas para alunos e ex-alunos, entre 16 e 21 anos, que recebem auxílio de R$500,00 (quinhentos reais) mensais e exercem papel de liderança, apoiando os demais bolsistas do grupo.

Todos os bolsistas devem ter, no mínimo, 85% de frequência em aulas e ensaios.  Todos são avaliados pela equipe da Diretoria Educacional e pela equipe de Desenvolvimento Social do Projeto Guri, em testes práticos e entrevistas individuais.  Já os bolsistas que não contam com auxílio financeiro permanecem em lista de espera para uma bolsa performance ou aprendiz, enquanto atuam no programa.

Os Grupos de Referência realizam ensaios, duas vezes por semana, em horários diferentes aos das aulas convencionais do Guri e são divididos em sete especialidades musicais – coro, coro e percussão, grupo de percussão, cameratas (cordas dedilhadas, cordas friccionadas e violões), orquestras, bandas de música e big band.  Participam ainda apresentações em diversas cidades, inclusive na capital paulista.

Interessados em participar deste programa devem preencher um formulário online, disponível no site www.projetoguri.org.br, até o dia 25 de novembro (o regulamento também está disponível no mesmo endereço eletrônico). As seleções serão feitas por meio de testes práticos, realizados entre os dias 27 de novembro e 11 de dezembro de 2015.  Os resultados para conhecer os novos integrantes dos grupos de referência saem dia 4 de janeiro de 2016 no mesmo site.

 

Projeto Guri – www.projetoguri.org.br

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri: CCR Autoban, Sky, Duke Energy, Banco Votorantim, Microsoft, Arteris, Grupo Maringá, GRUPO BB E MAPFRE, Magazine Luiza, EMS, Supermercados Tauste, CCR SP Vias, Mercedes-Benz, Capitale Energia, Pirelli, Capuani, Pinheiro Neto, Catho, Cipatex, PPE Fios, Instituto Credit Suisse Hedging-Griffo e Inforshop, ACIF e UNORP.

Sobre o Projeto Guri

Mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclado e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos. Aproximadamente 47 mil alunos são atendidos, por ano, em mais de 410 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os cerca de 370 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu cerca de 600 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Amigos do Guri

A Amigos do Guri é uma organização social de cultura que administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo – idealizador do projeto –, a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: http://www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.

 

 

468 ad