REGIÃO: Valinhos, Vinhedo e Louveira entram em ranking das melhores cidades do Brasil

IMG_0745

Os prefeitos das cidades de VALINHOS, VINHEDO e LOUVEIRA, Clayton Machado, Jaime Cruz e Júnior Finamore, respectivamente, estiveram em uma cerimônia de premiação que ocorreu em São Paulo e reuniu prefeitos, empresários, políticos e autoridades de todo o País. As três cidades foram indicadas no ranking divulgado pela Revista Isto É, em parceria com a Austin Rating, agência classificadora de risco de crédito de origem brasileira, apontando as melhores cidades do Brasil, levando-se em conta 212 indicadores relacionados aos setores social, econômico, fiscal e digital, focando na igualdade das oportunidades entre seus habitantes.
Inédito, o anuário premiou as cidades em 48 categorias. O levantamento envolveu 5.565 municípios do país, com exceção dos municípios Paraíso das Águas (MS), Mojuí dos Campos (PA), Pinto Bandeira (RS), Balneário Rincão (SC) e Pescaria Brava (SC), emancipados em 1º de janeiro de 2013.
Investimentos na área da Cidade Digital, Indicadores Fiscais e Sociais apontam VINHEDO como uma das 20 melhores cidades do Brasil. Entre as cidades de porte médio, categoria que inclui o município, a cidade ficou em 4º lugar no Brasil na categoria Indicadores Digitais – em investimentos no setor de Mobilidade Digital e Acesso Digital ao Conhecimento. VINHEDO também aparece entre as 20 melhores cidades do Brasil em outras categorias.
O prefeito Jaime Cruz foi à premiação acompanhado pelo presidente da Câmara, Márcio Melle. “Esta certificação da Revista ‘Isto É’ consolida o reconhecimento da nossa cidade como uma das que mais investem no ser humano. Sabemos o quanto é importante este reconhecimento porque sinaliza, de fato, que estamos no caminho certo do desenvolvimento, do bem estar, da qualidade de vida, enfim, dos ganhos sociais importantes para a nossa população”, comentou o prefeito.
Pela primeira vez, com dados oficiais, o prêmio é uma chancela e um selo de qualidade das boas administrações do país. No ranking são levados em consideração categorias de municípios de pequeno, médio e grande porte, além da classificação geral. Os destaques de VINHEDO são: o 9º lugar no Ranking de Indicadores Fiscais – Sustentabilidade Financeira para cidades de porte médio; 17ª posição no Ranking de Indicadores Digitais Geral; 5ª posição no Ranking Indicadores Digitais para cidade de porte médio; 15º lugar no Ranking Indicadores Digitais – Mobilidade Digital Geral; 4º lugar no Ranking Indicadores Digitais – Mobilidade Digital – para cidades de porte médio e 4ª posição no Ranking Indicadores Digitais – Acesso Digital ao Conhecimento – para cidades de porte médio.
Já LOUVEIRA foi premiada com o primeiro lugar no ranking das Melhores Cidades do Brasil no quesito de Sustentabilidade Financeira envolvendo cidades de pequeno porte, com até 50 mil habitantes. Logo após receber o prêmio, o prefeito Júnior Finamore afirmou que a cidade vive um momento histórico de estruturação e crescimento. “É muito gratificante receber este prêmio em nome da cidade. O resultado confirma que estamos no caminho certo da gestão de recursos públicos. Nosso objetivo sempre foi investir recursos com responsabilidade e planejamento. O prêmio nos incentiva a buscar cada vez mais uma cidade mais humana e igualitária, traduzindo a boa condição econômica da cidade em melhorias voltadas à nossa população”, disse.
Além deste prêmio, LOUVEIRA ficou em 2º lugar nos rankings de Sustentabilidade Financeira (geral) e Execução do Orçamento, em cidades de pequeno porte. De acordo com o economista-chefe da Austin Ratings, Alex Agostini, o grande desafio do levantamento foi cruzar e analisar um grande volume de dados públicos, em menos de seis meses. “A grande inteligência é dar o valor devido a cada indicador, o peso dele, numa estrutura que foi desenvolvida e pesquisada pela Austin”, disse.
Valinhos está entre as 25 melhores cidades do país, com destaque ao 3º lugar no Índice de Acesso Digital ao Conhecimento e Mobilidade Digital e o 2º lugar nos Indicadores Digitais de cidades de porte médio. Estes resultados são frutos de um trabalho da atual Administração, que tem investido em áreas prioritárias, mesmo Valinhos tendo um orçamento menor que cidades vizinhas, como Louveira e Vinhedo.
As cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) não podem ser comparadas, uma vez que foram classificadas de acordo com o número de habitantes, em pequena, média e grande. Campinas, por exemplo, é de grande porte e não pode ser comparada com as de porte médio.
As cidades de porte médio da RMC que entraram no ranking foram: Cosmópolis, Hortolândia, Itatiba, Nova Odessa, Paulínia, Santa Barbará d’Oeste, Valinhos e Vinhedo. Destas, as que se classificaram no geral/porte médio foram: Santa Barbará D’Oeste – 9º; Hortolândia – 15º, Valinhos – 24º lugar e Itatiba – 39º. As demais cidades de porte médio da região obtiveram boas classificações em alguns indicadores, mas não pontuaram no ranking geral.

468 ad