VALINHOS: Alunos criam projeto ‘Empreendeminas’ para incentivar espírito empreendedor feminino

Estudantes do Ensino Médio da Escola Estadual Adoniran Barbosa, em VALINHOS, criaram um projeto social muito interessante de incentivo ao empreendedorismo de jovens mulheres, o “Empreendeminas”. A iniciativa visa ajudar adolescentes de todo o Brasil, de forma virtual e gratuita, com a troca de informações para que elas possam empreender, direcionar suas carreiras, gerar empregos e renda.


A idealizadora do projeto é Verônica Carmacio Chaves, de 16 anos, que ao lado de várias colegas estudantes (de 15 a 17 anos) está definindo as linhas gerais do Empreendeminas. “Devemos começar as aulas on-line com especialistas em setembro. Vamos democratizar informações de interesse de quem quer empreender, como liderança, investimento, contabilidade, finanças e empreendedorismo”, revelou Verônica.
O time da estudante é formado também pela especialista em Recursos Humanos Liliane Santos (diretora geral do projeto) e pelas jovens Andriély Fraga da Costa (cofundadora), Julia Xavier Crespan (coordenadora acadêmica), Rayelle da Silva Freitas (responsável pelas mentorias), Sophia Brandão dos Santos (coordenadora de Recursos Humanos), Maria Eduarda Santana Rodrigues (coordenadora de Marketing e Design) e Isabelle Rodrigues dos Santos Rocha (secretária).


Para obter mais informações do Empreendeminas, acesse o Instagram da iniciativa – @empreendeminass.
Verônica amadureceu a ideia por ser embaixadora do Clube de Empreendedorismo CEJ e, ao lado de suas colegas, está definindo o time de palestrantes das palestras virtuais. “O meio do empreendedorismo ainda é predominantemente masculino. Meninas que têm interesse pela área não encontram representatividade ou credibilidade. Daí veio a ideia de fazer as garotas se sentirem acolhidas”, continuou a estudante. “Várias adolescentes interessadas não encontram apoio ou ouvem que esta é uma área impossível. Nosso objetivo é justamente incentivar projetos inovadores e fornecer toda a base necessária para o sucesso do negócio”.
No empreendedorismo é fundamental, de acordo com a fundadora do projeto, aprender sobre o segmento em que se atua, assim como em qualquer profissão. “Um empresário precisa estudar muito e, infelizmente, como essas aulas não são disponibilizadas na escola, nós promovemos um grupo de voluntárias que vai explicar o necessário e o essencial, de forma acessível, duas vezes por semana, para impactar na vida de garotas do Brasil inteiro”, completou Verônica.

EDUCAÇÃO INCLUSIVA
O “Empreendeminas” pretende buscar ainda mais a educação inclusiva, permitindo o acesso a aulas preparatórias, oficinas e entrevistas para a Olimpíada Brasileira de Investimentos (Obinvest) e a feiras científicas, com a apresentação das iniciativas que serão concretizadas durante as mentorias de liderança, investimento, contabilidade, finanças e empreendedorismo. Os participantes farão uso de planos de negócios, simulações de vendas e outras ferramentas.

(Texto:Paulo Behr – Redação FOLHANOTICIAS/Imagens:Verônica Chaves)

Author: Geraldo Maia 62

Share This Post On
468 ad