VALINHOS: DAEV participa do processo de captação de recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos

Com objetivo de atender a ação prevista pelo Plano Diretor de Perdas, o DAEV participa do processo de captação de recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO) que faz parte da Agência PCJ (bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí). A nova presidência e administração da Autarquia buscam a economia e a redução de perdas de água, o que também reflete na situação econômica de VALINHOS. A redução de perdas físicas significa menos investimentos como energia elétrica, produtos químicos, mão de obra dos operadores.

“É uma das saídas encontradas de parceria para superar a situação financeira do município, decorrente do endividamento deixado”.
[Presidente do DAEV, Pedro Inácio Medeiros]

REDUÇÃO DE PERDAS
Objetivo desta ação da Autarquia é realizar a substituição de 6.842 metros de redes de fibrocimento em parte da região da ETA II. Devido aos relevos das ruas e mudanças climáticas, esse tipo de cimento trinca. Já, o de PEAD é flexível, suportando as características do solo, frio e calor intensos. Fazer a troca de 529 ligações de água, implantação de registros para a setorização das áreas ou necessários a manobras das redes, implantação de registros no final da tubulação para atendimento as normas de vigilância sanitária, implantação de duas válvulas redutoras de pressão no setor para readequar a pressão do sistema de abastecimento.

Será uma grande conquista para a população de VALINHOS, pois os serviços permitirão controlar a pressão na região, eliminar os vazamentos e minimizar a possibilidade de rompimento nas redes de abastecimento de água. O valor pleiteado pela FEHIDRO é de R$4.338.219,35 com a contrapartida do DAEV de R$1.524.239,23.

OUTRO PROJETO
O segundo projeto inscrito tem como meta a execução do Produto 06, que permitirá melhor controle da medição e distribuição de água, permitindo mais eficiência na prestação dos serviços.

O projeto inclui a instalação de 55 macromedidores (medição de grandes volumes de água) em todas as regiões do município de VALINHOS e a telemetria (sistema de monitoramento utilizado para comandar, medir ou rastrear à distância, através de comunicação sem fio)  em pontos onde o DAEV ainda não dispõe desta tecnologia, para um bom funcionamento de sistema de água. O valor pleiteado pela FEHIDRO é de R$3.285.616,58 com a contrapartida do DAEV de R$1.154.405,82.

CASTELO
Neste primeiro mês de governo, a presidência do DAEV autorizou a abertura da licitação, também para reduzir perdas de água tratada decorrente de vazamento por conta da rede de abastecimento ser muito antiga, tendo em média 80 anos. A obra será a troca de aproximadamente 9,5 quilômetros das redes de abastecimento de água do bairro Castelo, substituição de antigas redes de fibrocimento (tubulações construídas de cimento) por novas de PEAD (material flexível e resistente), instalação de cinco macromedidores e cinco válvulas redutoras de pressão e a troca de mais de mil ligações de água. A Autarquia recebe R$ 5,4 milhões de reais do FEHIDRO, com contrapartida de R$ 959.019,97 para a realização dos projetos.

468 ad