VALINHOS: Etec não vai para o Sesi 299, afirma prefeito

 

A11_VAL_Reunião_Crédito PMVal

Para resolver o impasse causado pela promessa feita pelo prefeito Clayton Machado aos alunos da Etec de VALINHOS, de que as salas de aula passariam a ocupar o prédio do Sesi 299, desocupado há pouco tempo, na manhã de sábado, 30, foi feita uma reunião com os representantes dos estudantes.

Estiveram presentes, além do chefe do Executivo Municipal, o vereador Kiko Beloni, os secretários Cláudio Nava (Jurídico) e Wilson Ventura (Obras e Serviços Públicos), e o procurador do município, Thiago Capello.

Na reunião o prefeito explicou que o prédio é grande demais para ser ocupado por apenas dois cursos da Etec. “O governo do Estado cortou este ano a ampliação de Etec’s e isto inviabilizou a ampliação dos cursos e transferência que tínhamos programado. Mas não perdemos a esperança de trazer para VALINHOS novos cursos. Vou continuar lutando para que a escola seja ampliada e tenha sede própria”, informou o prefeito aos estudantes.

Clayton visitará as atuais instalações do núcleo da Etec na cidade e conhecerá as especificidades de cada curso, a fim de planejar o melhor local para a transferência.

Também será oficializada, por meio de decreto, a comissão de alunos que acompanhará as ações da Prefeitura. “Quando eu era vereador consegui trazer o núcleo da Etec Jundiaí para Valinhos. Porém, na época, a Administração municipal não ofereceu um prédio próprio, então ficamos somente com o núcleo. Já era para termos a escola completa e não somente o núcleo desde 2009. Mas não adianta lamentarmos o que não foi feito. Agora o momento é de agir para tentar auxiliar nossos alunos”, explicou Clayton Machado.

Em contato com a estudante Cristiane Moraes, foi confirmado que de fato a reunião ocorreu em clima amistoso e que o prefeito se comprometeu a dar uma resposta com relação ao local de transferência em dez dias.

Início da discussão

Na terça-feira, 26, os alunos da Etec estiveram na sessão da Câmara de VALINHOS para pedir ajuda aos vereadores e cobrar o prefeito sobre a promessa feita com relação a entrega do prédio do Sesi 299 para a escola técnica.

Na ocasião, eles levaram cartazes e organizaram um protesto que foi realizado na manhã de sábado, 30, em frente à rádio da cidade, onde o prefeito estava participando de um programa. Na saída, Clayton encontrou com os estudantes e realizou a reunião, onde foi informado que o prédio do Sesi 299 não será destinado à Etec.

468 ad