VALINHOS: Instituto Esperança, a primeira creche fundada no município, completa 59 anos de trabalho

A primeira creche instalada em VALINHOS, o Instituto Esperança, com sua sede na Rua Fioravante Menegaldo, 210, completou 59 anos de fundação em outubro, com um trabalho voltado para atendimento às crianças de quatro meses a quatro anos, hoje com três unidades em operação e com 322 crianças assistidas. O presidente Marcos Vedovato percorreu todas as unidades para comemorar com as crianças e funcionários, o aniversário da instituição. Teve os parabéns, bolo e muita alegria entre os pequeninos.

Marcos Vedovato fala com entusiasmo do trabalho desenvolvido em todas as unidades do Instituto Esperança. “Hoje estou presidente, mas me orgulho do trabalho que estamos realizando e principalmente do serviço que prestamos a esta parcela da população. São famílias que precisam deixar os filhos em segurança enquanto trabalham, cuidamos para que todas as crianças sejam bem tratadas por isso não descuidamos da alimentação, servimos quatro refeições dia, com cardápio supervisionado pela nutricionista, todas as nossas profissionais são treinadas para realizar o trabalho com excelência”.

Todas as unidades do Instituto Esperança são atendidas por pedagogas e auxiliar de pedagogia, serviço de assistente social e nutrição, além do atendimento pediátrico e odontológico realizados por profissionais voluntários. As unidades estão equipadas com brinquedos de última geração, pátio coberto e para os bebês além de todos os equipamentos necessários, eles tem também cadeiras de balanço. Em todas as salas, as crianças tem camas individuais para o momento do descanso, assim como todo material de higiene, além de biblioteca, refeitório, cozinha e salas apropriadas para cada faixa etária.

“Comemorar 59 anos é uma grande conquista e só tenho que agradecer a todos que nos ajudam: a minha diretoria toda voluntária, ao poder público, comunidade e empresários, que fazem de nossa instituição um modelo de atendimento e serviço. Todas as salas são monitoradas através de câmeras de vídeo, temos som ambiente em todas as unidades, diariamente as mães recebem no seu whatsapp, fotos dos filhos aqui em nossas instalações e quando demoramos um pouco para mandar elas ficam ansiosas. Hoje contamos com 62 funcionários e nosso atendimento é de segunda à sexta das 7h30 às 16h30”.

HISTÓRIA

O Instituto Esperança foi uma criação do Lions Clube de VALINHOS que na gestão de Anézio Pinheiro, em 1957, amadureceu o sonho de construir uma creche, inicialmente não seria creche, mas um orfanato, porém como VALINHOS não tinha demanda na época, o projeto foi mudado.

Após muitas campanhas e festas beneficentes, o Lions conseguiu angariar fundos para fazer o alicerce da futura sede em terreno da entidade, cuja pedra fundamental foi lançada em 24 de outubro de 1959, tendo Amélio Borin coo presidente do Lions, na ocasião.

Muito trabalho, rifa de carros, mais eventos para angariar fundos, até que em 1969, na gestão de Osvaldo Antunes dos Santos, foi inaugurada a primeira unidade do Instituto Esperança, na Rua Fioravante Menegaldo, 210, no bairro, no Bairro Santa Cruz, que hoje abriga 72 crianças. Após inauguração, foi constituída a diretoria do Instituto Esperança, sendo eleito Telmo Marchiori para presidente.

Várias pessoas escreveram o nome na história do instituto Esperança. O primeiro presidente integrante do Lions Clube foi Ivo Muniz, Arnaldo Afonso depois oficialmente como Entidade Instituto Esperança, eleito Telmo Marchiori, na seqüência Antonio Carlos Spanholeto, Paulo Ivan Krobath Luz, Décio Zenone, Maria Celina de Lauro Silva, Gerson Cavinato e atualmente Marco Vedovato.

Depois da Unidade I, em 1973 foi inaugurada a 2ª unidade na Rua Rio de Janeiro, 210, que abriga 125 crianças, e a última, inaugurada em 1987, na Ponte Alta, na Rua Hermínia Olivo Pavan, 24 que também atende 125 crianças.

“O nosso objetivo é a formação integral da criança, através de vários projetos que desenvolvemos em todas as nossas unidades. As crianças estão acima de tudo e por isso não medimos esforços para promover um atendimento que é motivo de orgulho para as famílias assistidas e para a cidade que tem um patrimônio social de alto nível, acredito que estamos no caminho certo, com todo trabalho que estamos promovendo”, completa Marcos Vedovato.

 

468 ad