VALINHOS: Moradores do Jardim São Marcos protestam contra instalação de Ecoponto

Obras do Ecoponto já começaram contra vontade dos moradores

Protestos nas sessões da Câmara de VALINHOS, e vídeos nas redes sociais, além de abaixo-assinado, são as formas escolhidas pelos moradores do Jardim São Marcos, em VALINHOS, para tentar impedir a instalação de um Ecoponto na praça principal do bairro. Os cidadãos estão mobilizados por entender que o espaço público é uma área de lazer, com pista de skate para os jovens usarem e árvores frutíferas plantadas e mantidas pelos moradores. O projeto relacionado à benfeitoria foi aprovado na sessão do Legislativo.

Os valinhenses que vivem no São Marcos gravaram um vídeo que foi colocado nas redes sociais protestando em relação à ideia da instalação do Ecoponto, que é o local de entrega voluntária de pequenos volumes de entulho (até 1 m³), grandes objetos (móveis, restos de poda de árvores etc) e resíduos recicláveis. Segundo a Prefeitura de VALINHOS, o primeiro Ecoponto da cidade, de uso gratuito por parte da população, vai ampliar as ações responsáveis com o descarte de resíduos sólidos. “Em julho, começou a funcionar o Centro de Valorização de Resíduos, uma moderna estrutura para reciclagem de materiais implementada na região do Vale Verde”, informou a atual Administração em seu site. De acordo com o prefeito Orestes Previtale (PSB), o município está avançando na questão ambiental. “A criação do ecoponto é um ganho para a cidade e seus moradores. Será o primeiro e tenho certeza de que a população vai aprovar”, disse.

Mas esta aceitação mencionada pelo chefe do Executivo de VALINHOS não é compartilhada por boa parte dos moradores do Jardim São Marcos. Eles prometem lutar contra a instalação do ecoponto. “Aqui, lixão não. Nossa praça não vai virar depósito de lixo”, resumiu o munícipe Ângelo Guedes, no vídeo postado nas redes sociais.

Outra moradora, que se identificou como Aline, revelou que, em 2006, os cidadãos que vivem na região pediram à Prefeitura uma praça de lazer. “Não pode ter Ecoponto ao lado da pista de skate que as crianças utilizam. O Ecoponto tem que ser instalado em local de fácil acesso, não aqui, onde as ruas são estreitas para o tráfego dos caminhões que entrarão e sairão. Não existe planejamento por parte da Prefeitura de VALINHOS e os moradores querem ver o projeto do ecoponto. A proposta é legal, mas se não houver responsabilidade o lixo ficará parado aqui, juntando inseto e escorpião. Daqui a pouco virá a época de chuvas e podemos ter os mosquitos da dengue. Sem contar a desvalorização imobiliária”, completou a moradora.

Ângelo Guedes convidou os 17 vereadores de VALINHOS para conhecer a praça e prometeu muita luta por parte dos cidadãos do São Marcos para impedir a instalação do ecoponto. “O povo unido tem força”.

468 ad