VINHEDO: ‘2ª FLIVI’ encerra com novos acadêmicos e mais autores

Com a presença do escritor baiano Antonio Torres, natural de Sátiro Dias (BA), conhecido internacionalmente pelo seu livro ‘Essa Terra’, e que compôs a mesa diretiva junto com os acadêmicos da AMLAC (Academia Metropolitana de Letras, Artes e Ciência), o seu presidente Wagner Pavarin, e os escritores Jorge Lemos, Thoshio Katsurayama e Maria Teresa Negreiros realizaram domingo, 2, à noite, o encerramento oficial da 2ª FLIVI (Festa Literária de VINHEDO) no Teatro Municipal de VINHEDO.
Como parte da liturgia de encerramento da FLIVI foram empossados os novos acadêmicos da AMLAC, Adélio Sarro, André Kondo, Brígida Maria Meireles, Fábio Cuono, Nelson Sagrillo, Milton Gutierre e Rodolfo Neto.
A seguir coube ao acadêmico Sandro Capestrani, coordenador do Concurso Literário da AMLAC/FLIVI, aberto para escritores de todo o país, apresentar os seis classificados de cada categoria, A,B,C, voltado principalmente para o público infantil e infanto juvenil (estudantes até 18 anos), e a categoria D para escritores adultos a partir dos 18 anos de idade. A relação de todos os vencedores, três por categoria, pode ser encontrada no site da AMLAC  – http://www.amlac.com.br

Quanto à premiação dos vencedores, será realizada em outra oportunidade uma grande festa literária que terá data local e hora a ser divulgada oportunamente, quando será também lançada a Antologia AMLAC/FLIVI contendo todos os textos classificados e vencedores.
Enquanto isso os preparativos para a realização da 3ª FLIVI já estarão em pleno vapor, ainda mais porque no próximo ano se comemora o aniversário da cidade de VINHEDO, fundada em 31 de outubro de 1906, e emancipada em 2 de abril de 1949, e que contará com uma vasta programação cultural, artística e cívica.

468 ad