VINHEDO: Após paralisação todos serviços voltam a normalidade na Prefeitura

Após meio dia de paralisação, a greve de 24 horas convocada pelo Sindicato dos Servidores Públicos de VINHEDO, encerrou as atividades antes do previsto, para segundo eles, convencerem os demais funcionários a participarem numa próxima manifestação. Todos os grevistas voltaram para suas unidades. A paralisação, de acordo com a assessoria da Prefeitura de VINHEDO, não afetou o atendimento à população. Apenas 3, das 17 Secretarias funcionaram na parte da manhã com 70% do total de funcionários. Todas as demais áreas, além da Sanebavi trabalharam com 100% das atividades.

O curto período de greve foi convocado pelo Sindicato dos Servidores Públicos de VINHEDO em represália ao reajuste proposto pelo prefeito Jaime Cruz, que chegou a receber várias vezes o Sindicato e fazer as negociações dentro do limite da inflação. De acordo com nota do Gabinete do Prefeito, foram respeitadas as Cláusulas Sociais e Econômicas, consoante a realidade financeira em que o município passa atualmente. Em LOUVEIRA, por exemplo, que ainda goza de grande arrecadação, o prefeito Júnior Finamore concedeu apenas 1% de reajuste aos funcionários públicos. Em VALINHOS, houve correção também no limite da inflação. Agora a tarde, todos os serviços voltaram à normalidade. O Sindicato não informou quando haverá nova paralisação. O prefeito Jaime Cruz, pelas redes sociais, pediu para os funcionários “aceitarem as propostas, visando o desenvolvimento de VINHEDO, num ambiente de paz e trabalho”.

468 ad