VINHEDO: Educação em Vinhedo zera lista de espera por vagas em creche

VDO_inauguração CEI Turma da Mônica_Karina Folegatti_PMV (27)

A cidade de VINHEDO alcançou uma importante marca esta semana: a cidade, por meio da Secretaria Municipal de Educação, zerou a fila de espera por vaga em creches, nas unidades de Educação Infantil. “Esta é uma das principais metas do nosso governo. Os pais e responsáveis precisam ter a tranquilidade de saber que, quando estão trabalhando, seus filhos serão cuidados com segurança e, ainda, já aprendendo o importante caminho dos estudos para o desenvolvimento pessoal e, futuramente, profissional. Como professor, também sei o quanto é importante o acompanhamento pedagógico desde os primeiros anos de vida e, em Vinhedo, não medimos esforços para investimentos na área educacional”, comentou o prefeito Jaime Cruz.
Na semana passada, cerca de 560 crianças, na faixa etária de 0 a 3 anos, conforme determina o Ministério da Educação, foram matriculadas em creches municipais, incluindo a iniciativa de parceria com entidades privadas por meio de convênios firmados. De 2010 a 2015, 10 unidades de Educação Infantil foram ampliadas na cidade e três novas unidades construídas. Há dois projetos para construção de novas creches na região da Capela e, ainda, ampliação de novas salas para este ano de 2016, com foco no atendimento da demanda que é contínua.
“As crianças recebem, por dia, 5 refeições diárias, incluindo café da manhã, lanche da manhã (fruta), almoço, lanche da tarde (fruta) e jantar, em 19 unidades de Educação Infantil na cidade. A partir dos 2 anos de idade, as crianças ainda contam com professores de educação física e artes e, a partir dos 3 anos, o ensino de inglês também é um diferencial na Educação Infantil de Vinhedo. Ainda, por sala de aula, atendemos as recomendações do MEC de número de crianças por auxiliares, sempre levando em conta as dimensões físicas das salas de aula, de modo a garantir segurança, tranquilidade e conforto às nossas crianças”, afirmou a secretária de Educação, Claudineia Vendemiatti.
E ainda, 560 auxiliares de educação infantil atendem as 1.840 crianças que estão matriculadas em creches na cidade, que tem cerca de 70 mil habitantes. De quatro meses a 5 anos, a Prefeitura registra cerca de 3,3 mil crianças matriculadas. A cidade atende também a crianças de 4 e 5 anos ainda em tempo integral, mesmo a lei não obrigando tal ação.

468 ad