VINHEDO: Empresa que pegou fogo não tinha seguro

Incendio recicláveis_Walace_Cardoso

A empresa de materiais recicláveis EHS Recicláveis, do empresário Rogério Alves, no Distrito industrial de VINHEDO, foi completamente destruída pelo fogo no sábado, 23. O prejuízo estimado pelo proprietário é de R$ 5 milhões. Como o local não era assegurado, Alves entrará com um processo para tentar o ressarcimento do valor. O incêndio teve início na mata à beira da Rodovia Anhanguera, e foi combatido tanto pela concessionária da via, quanto pelo Corpo de Bombeiros. Porém, segundo o dono da companhia, a ajuda demorou a chegar, e esse foi o motivo pelo qual sua empresa acabou consumida pelas chamas. Lembrando que bombeiros de quatro cidades compareceram ao local para tentar controlar o fogo. O rescaldo da área demorou mais de 24h. Ninguém ficou ferido.

14% – Umidade Relativa do Ar: Foi a média registrada durante o fim de semana em que ocorreu o incêndio (12% é considerado clima de deserto).

Bombeiros lutam contra as chamas

Bombeiros lutam contra as chamas

 

468 ad