VINHEDO: Hopi Hari vai reabrir dia 5 e anuncia vagas de emprego

Fechado desde o dia 12 de maio em razão de uma crise financeira, o Parque Hopi Hari ensaia seu retorno pela segunda vez. A primeira reabertura havia sido anunciada para junho, mas nada aconteceu. Durante este período, o local chegou a sofrer corte de energia e também teve o registro de companhia aberta suspenso pela Comissão de Valores Mobiliários – o que impediu os acionistas de negociar as ações no mercado, reduzindo assim as chances de investimento para recuperar o empreendimento. Entretanto, uma nota divulgada na página oficial do parque de diversões Hopi Hari, em VINHEDO, no Facebook, e assinada pelo presidente José David, trouxe polêmica junto aos clientes do empreendimento. Por meio dela, David anuncia a reabertura do parque para o dia 5 de agosto e o iniciou a venda dos convites pelo valor de R$ 150 – acima dos R$ 99 cobrados anteriormente. O preço revoltou os clientes. Além disso, a direção do Parque colocou um limite de público para 5 mil pessoas por dia, afirmando que as chances de brincar em qualquer atração fica mais fácil, e o passeio no parque mais confortável. Na página do Facebook, o valor anunciado foi amplamente rejeitado pelo público. Durante a semana, mais de 15 mil pessoas já haviam respondido à publicação. A maior parte das participações criticando o valor. “Torço pra que se reergam… Mas não ajudarei. R$150,00 é caro demais pro meu bolso…”, disse Roberta Barbosa. Já outro seguidor fez as contas com tudo incluso “Poxa, comecei a ler feliz pensando que R$ 150 entrava uma família, então, R$ 150 de passaporte, R$ 50 de estacionamento, R$ 35 reais um lanche. Vocês precisam nos ajudar para ajudarmos vocês né?”, disse Rafael Gomes.Outros ponderaram a decisão. “Prezado presidente, esse valor de R$ 150 será justo se o nosso mundo mais divertido estiver com tudo funcionando. Boa sorte a empresa”, disse William Carlos no espaço de comentário da publicação.

DÍVIDA COM VINHEDO
Outra notícia que abalou muitos acionistas e fornecedores do Hopi Hari, foi a de que o Parque deve para a Prefeitura de VINHEDO R$ 65 milhões referente aos impostos ISS (Imposto Sobre Serviços) e IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) que “nunca foram pagos”, segundo a nota oficial da Administração. Os valores do montante são uma estimativa e foram corrigidos até junho de 2017. A Prefeitura afirma que o empreendimento é o maior devedor individual da cidade. O parque não se posicionou sobre o assunto até a publicação desta reportagem. Mesmo assim, esta semana, o Parque divulgou em sua página oficial o Alvará de Licença de funcionamento da atração – que não possui data de validade -, pois prevê a reabertura para 4 de agosto (para o público, será aberto dia 5). A Prefeitura atestou a legitimidade do documento e diz que não há necessidade de uma nova autorização, mesmo diante da suspensão das atividades da atração, que já dura quase dois meses.

VISITA DO PREFEITO
Diante dos problemas com impostos municipais, depois de perder na Justiça o processo para a redução drástica cobrança de ISS e até IPTU, a direção do Hopi Hari convidou o prefeito Jaime Cruz para visitar o Parque e supervisionar as obras de reforma e revitalização. “Na sexta-feira, estivemos a convite da nova direção do Parque Hopi Hari visitando as dependências do empreendimento turístico, que passa por obras e manutenções para a reabertura ao público no próximo dia 4 de agosto. Para o município, é importante a retomada do Parque, no que se refere a arrecadação e geração de empregos. Há um valor alto, que já está em discussão na Justiça, referente a impostos como ISS e IPTU em atraso, do parque, que pretendemos receber, ainda mais neste momento de queda na arrecadação da cidade. Mas, por outro lado, tivemos uma notícia importante da nova direção de que, a partir de agosto, o Hopi Hari vai recolher em dia os impostos para a nossa cidade. VINHEDO só tem a ganhar com este nosso desejo de novo momento para o Hopi Hari, importante para o Turismo de VINHEDO, da nossa região e do Brasil, caminhando em sintonia com o nosso trabalho de implantar, nessa região do parque, o 1o Distrito Turístico do Estado de São Paulo, sempre pensando nos benefícios de geração de renda e emprego para o nosso município”, disse Jaime Cruz, que avalizou a abertura do Parque junto a secretários e vereadores, na visita.

VAGAS DE EMPREGO
O Hopi Hari anunciou também nesta semana, a abertura de 100 vagas de emprego. A informação foi confirmada pela Microlins, que cederá espaço para a seleção da nova equipe da atração para Campinas. Já em Jundiaí, a seleção ocorre no dia 11 de julho, das 9 às 16 horas, na Rua Vigário J.J Rodrigues, 634 – Centro – Jundiaí.

Confira as vagas disponíveis:

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO ELÉTRICA

Requisitos:

-2º Grau em Elétrica e ou Mecatrônica completo com registro
no CREA
– Vivência em processo de manutenção elétrica industrial,
preventiva, preditiva e corretivas.
– Curso de formação em NR10, vigente.
É imprescindível no processo seletivo portar diploma oficial e original e CREA

ATENDENTE DE OPERAÇÃO I

Requisitos:

-18 anos completo
– 1º Grau completo com certificado de conclusão;

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO MECÂNICA

Requisitos:

– 2º Grau Técnico em Mecânica completo com registro no CREA.
– Vivência em processo de manutenção elétrica industrial,
preventiva, preditiva e corretivas.
É imprescindível no processo seletivo portar diploma oficial e original e CREA

ATENDENTE DE OPERAÇÃO II

-18 anos completo
– 2º Grau completo com certificado de conclusão;
Alimentos e Bebidas: Atendimento a Clientes em fast foods, restaurantes,
sorveterias e quiosques.
Brinquedos: Atendimento a clientes em brinquedos e atrações.
Jogos: Atendimento a clientes em jogos de habilidades e eletrônicos
Mercadorias: Atendimento a clientes em lojas.
Serviço de Atendimento ao Visitante: atendimento a clientes e no
serviço de atendimento ao visitante.

SELEÇÃO APENAS NO DIA 11 DE JULHO NA:
Rua Vigário J.J Rodrigues, 634 – Centro – Jundiaí
Das 9 às 16 horas

468 ad