VINHEDO: Mãe do menino Yago é presa

VDO_CristianePresa_Cred_JCAT
A Polícia Civil prendeu, na noite desta quinta-feira (21), a mãe de Yago Vinicius de Moraes, de 2 anos, morto após espancamento em VINHEDO. Cristiana Costa foi localizada em casa e não ofereceu resistência à prisão. Ela chegou à Delegacia de VINHEDO por volta das 19h e será encaminhada ainda nesta noite para a Cadeia Feminina de Paulínia (SP).
A prisão de Cristiana aconteceu após a denúncia do Ministério Público (MP) oferecida à Justiça de que ela tem responsabilidade pela morte de Yago porque presenciava a sequência de torturas que o pai, o lutador de jiu-jitsu Tiago Ahmar de Moraes, aplicava no filho. Moraes é suspeito do crime e também foi denunciado pelo MP por tortura qualificada por morte. Ele foi preso no dia 14 de agosto após ficar 18 dias foragido.
Cristiana chegou à Delegacia de Vinhedo e falou rapidamente com a imprensa. Ela não respondeu os questionamentos sobre ter se omitido ao assistir as torturas aplicadas por Tiago ao filho e afirmou que espera que o crime seja “logo esclarecido pela Polícia”
468 ad