VINHEDO: Moradores do Bairro Santa Rosa reclamam de abandono das autoridades

Morador da Rua Adelino Maria Torres, o vinhedense Carlos Maria Torres, procurou a reportagem da FOLHA NOTÍCIAS para denunciar o repetido descaso por parte das autoridades municipais para com os moradores da Estrada da Cachoeirinha, no Bairro Santa Rosa, em VINHEDO. “Na Rua Adelino Maria Torres, onde nasci e moro, eles deixaram lá quatro postes com luminária prontos, mas sem fiação, justo no local onde passa crianças que chegam da escola de ônibus, ficando então tudo escuro e muito perigoso à noite”, reclama Carlos Torres.
“Nós já cobramos da Prefeitura por meio da SERM (Secretaria de Serviços Municipais), na antiga do Balu, como na nova gestão de Márcio Melle, e nada aconteceu. Cobramos dos vereadores, mas também até o momento nada fizeram. Além disso, na Estrada da Cachoeirinha, na Fazenda São Luís, existe muita buraqueira por cerca de 800 metros, a partir de onde termina o asfalto, deixando motoristas e passantes em perigo”, revela.
SOM ALTO NA MADRUGADA
Outro problema apontado por Carlos é o barulho promovido por uma chácara que é alugada para eventos e que não obedece a Lei do Silêncio que limita até as 22h a permissão para o uso do som alto. “Eles vão até as 2h da manhã, não respeitam ninguém, já conversamos, pedimos, mas eles insistem em fazer barulho madrugada adentro. Estamos com o problema no Ministério Público pedindo o cancelamento da permissão para o local funcionar até esse horário, o que tem causado inúmeros transtornos às famílias residentes no entorno que envolve mais de 300 pessoas, entre adultos, idosos  e crianças”, garante Carlos Torres. Nesta semana, o vinhedense (foto) foi até o Ministério Público apresentar queixa e abaixo assinado para que alguma benfeitoria seja atendida pela Prefeitura de VINHEDO.
468 ad