VINHEDO: Oposição ataca, mas não apresenta nenhuma proposta

Completamente sem noção da realidade, os vereadores da oposição, Marta Leão (PSD), Rodrigo Paixão e Valdir Barreto (ambos Psol), durante a 71ª sessão ordinária da Câmara Municipal de VINHEDO atacaram a administração de Jaime Cruz (PV) em vários flancos em uma clara tentativa de desestabilizar o seu recém iniciado governo, sem, no entanto, apresentarem qualquer proposta que pudesse contribuir para melhorar a situação de cada alvo de seus ataques.
Já está virando caso patológico (doença) o vício da oposição de só ‘bater’ e criticar, sem nunca apresentar algo positivo para substituir o que julga estar errado. Semanalmente faz do plenário da Câmara lugar para cenas histéricas e demagógicas, atacando quem julga não se comportar segundo os seus interesses eleitoreiros.

“MERDA NO VENTILADOR”

Para o vereador Márcio Melle (PSB), “a vereadora Marta Leão sem ter o que fazer vem toda semana jogar merda no ventilador, como se não tivesse outra coisa para contribuir na melhoria da vida da população vinhedense”. Realmente, Marta Leão foi buscar no passado fatos e quantias para atacar de forma irresponsável a requisição administrativa da Santa Casa por parte do governo Jaime Cruz, além de utilizar as pessoas de cinco resgatistas, supostamente ligados aos partidos de oposição, como se os mesmos corressem algum risco de serem demitidos, para fazer politicagem em cima de algo que não existe mais, o Resgate Municipal, que agora passa a ser feito pelo Corpo de Bombeiro, e insiste em não aceitar a existência do Serviço de Suporte Básico da Vida (SSBV).
A histeria oposicionista de Marta Leão é tanta que sem o menor respeito aos seus pares e ao público presente, se deu ao desplante de ler longos e cansativos currículos dos seus supostos amigos resgatistas que não devem estar sabendo do uso que está sendo dado às suas vidas pela oposição em VINHEDO.

MAIS DENÚNCIAS

Por seu turno o vereador psolista Valdir Barreto denunciou a suposta existência de funcionários da Sanebavi trabalhando para uma empreiteira no canteiro de obras da ampliação da autarquia. Mais um ataque sem apresentar provas, baseado em uma denúncia de pessoa notoriamente sem conhecimento técnico e dos detalhes do contrato firmado entre a empreiteira e a Sanebavi. Coube ao vereador Márcio Melle esclarecer o assunto afirmando que no contrato, podendo ser consultado por qualquer pessoa, o trabalho de limpeza após demolição de algumas estruturas no local de ampliação seria feito pela Sanebavi com o objetivo claro de economizar os recursos da municipalidade. “Eles (a oposição) ficam atacando sem apresentar provas, apenas para causar tumulto e fazer politicagem”, comenta Márcio Melle.
Valdir Barreto tratou da reativação do SUS na Santa Casa para tentar impor seu ponto de vista e fazer politicagem. “Hoje tivemos uma reunião com o interventor da Santa Casa, Legislativo, prefeito e secretários de Saúde e Governo. Nos primeiros 30 dias, o interventor relatou uma série de dificuldades que encontrou e nos próximos 30 dias irá dar um diagnóstico para poder dizer quando serão iniciadas as obras e expectativa de término. Durante a reunião, manifestei minha preocupação, porque quanto mais tempo se levar para fazer estas obras, maior será o custo da Prefeitura sem retorno, porque a Prefeitura irá injetar recursos e não terá contrapartida em serviços, o que é um custo sem retorno para a Prefeitura”. Vale lembrar que a preocupação do psolista é no sentido de que a abertura da Santa Casa aconteça logo, bem antes do início do ano eleitoral de 2016, para que não seja capitalizada por uma provável candidatura à reeleição do prefeito Jaime Cruz.

IGNORÂNCIA SINISTRA

Provavelmente por desconhecer que a palavra ‘sinistra’ está relacionada com ‘esquerda’ (os padres costumavam machucar ou mesmo cortar a mão de quem era canhoto) o vereador Rodrigo Paixão, que pertence a um partido de esquerda, falou que “algo sinistro se passou no episódio da denúncia de trabalhadores da Sanebavi trabalhando para uma empreiteira. “Assim que nos aproximamos alguns fugiram enquanto outros permaneceram trabalhando. Senti que algo sinistro estava se passando naquele local”, é o profundo e belíssimo fundamento utilizado pelo vereador psolista que melhor faria escrevendo roteiros para filmes de terror classe B.
Rodrigo também denunciou que a Sanebavi está jogando esgoto bruto de lama nas águas cristalinas do rio Pinheirinho. “O governo trata o esgoto e o lodo é despejado no rio Pinheiro que vai abastecer Campinas. Fica um mau cheiro insuportável, e isso pode ser verificado todo domingo pela manhã”, garante.
Ele também acusou a possibilidade de fechamento do CONSEG por falta de interesse e participação dos conselheiros, inclusive aqueles que fazem parte da administração municipal. Por outro lado, Rodrigo destacou a importância do programa do CONSEG, ‘Vizinhança Solidária’, que recebeu o prêmio Franco Montoro dedicado a iniciativas da comunidade no combate à violência instituído pelo governo do Estado de São Paulo.

RESGATE FANTASMA

Como é presidente da CPI da Saúde e estava presente quando a ex-secretária Nádia Capovilla disse (deve estar gravado) que o resgate sairia da esfera municipal para cumprir a Lei que obriga ser este serviço prestado apenas pelos Bombeiros e que o extinto Resgate Municipal seria substituído pelo Serviço de Suporte Básico da Vida (SSDV), a reportagem da FOLHA NOTÍCIAS quis saber do vereador Rodrigo Paixão por que o mesmo insiste, juntamente com seu colega Valdir Barreto e a Marta Leão, em atacar a atual administração utilizando um ‘fantasma’, porque o Resgate Municipal está morto, não existe mais, e há muito tempo. Mas o vereador socialista se recusou a atender a reportagem, ainda mal acostumado com a imprensa livre e independente, no caso a mesma que foi responsável por 80% dos votos que o elegeram, mas que o socialista não reconhece, assim como outras empresas e pessoas que agora o vereador trata na forma da lei, como inimigos, processando e caluniando quem não se submete aos seus interesses.

CÂMARA ECONÔMICA

A liberação de recursos pela Câmara Municipal para a Santa Casa de VINHEDO, graças à economia realizada pela Mesa Diretiva, foi comentado pelo presidente, vereador Rubens Nunes (PR). “Essa Casa deixou à disposição do Executivo, cerca de 2 milhões de reais. Nós tínhamos o projeto de construir uma Câmara nova, mas a Santa Casa tem uma exigência e prioridade maior, podemos continuar trabalhando nesta Casa com o atual molde de economia. Já foram repassados 300 mil reais e o Legislativo está liberando gradativamente os valores, conforme a necessidade. Esperamos o quanto antes poder reabrir a Santa Casa de VINHEDO”, torce.

SINISTRO

A polêmica ‘sinistra’ em torno da construção do novo prédio do Departamento Operacional da Sanebavi foi abordada pelo vereador Márcio Melle (PSB). “Conversei com o secretário Canjica, que explicou que a empresa que ganhou a licitação, foi contratada para fazer as obras de refeitório, escritórios, laboratórios e fazer a limpeza após a obra. No entanto, a parte da demolição e a limpeza para deixar o local preparado para a obra, foi feita pela Sanebavi, com intuito de diminuir o custo e gerar economia aos cofres públicos. Então, vereadora Marta, pare de querer jogar coisas inexistentes no ventilador para denegrir a imagem tanto do Executivo como da própria Sanebavi”, dispara Melle.

SEM CARÁTER

Aproveitando a deixa do ‘sinistro’, o vereador Hamilton Port (PROS) aproveitou para bater duro na ‘esquerda’ que governa o país há doze anos. Port criticou a postura do vice-presidente do país, Michel Temer (PMDB). “Quero descrever o rol de desmandos cometidos pelo próprio governo, não só no campo político, mas, administrativo e principalmente, no que diz respeito à alta corrupção que existe no país, de uma forma absurda como nunca antes se viu. Está na hora de botarmos um basta nesta situação calamitosa. E o momento é agora, dia 05 de outubro para que possamos colocar ordem neste país”.
O coronel vereador apresentou alguns vídeos onde o Partido dos Trabalhadores (PT), na realidade o partido dos trabalhadores sindicalizados, e o ex-presidente Lula são atacados como sendo os responsáveis pela corrupção que grassa no país. Em um dos vídeos, um dirigente do próprio PT diz que Lula não tem caráter. Port denunciou que segundo informações recebidas por fontes militares, caso a presidente Dilma perca as eleições o MST ameaça com guerra civil.
Que as forças armadas estejam de prontidão em defesa da integridade física e moral de seu povo contra novos ataques dos inimigos do país que querem implantar no solo brasileiro mais uma ditadura socialista ao custo de milhões de vidas inocentes. Porque se preciso for “verás que um filho teu não foge à luta, nem teme quem te adora, a própria morte”. O povo em armas se levantará para defender o Brasil até a última gota de existência.

 

Valdir Barreto

Valdir Barreto

 

468 ad