VINHEDO: Prefeitura chama estudantes para recadastramento do transporte universitário

Todos os alunos universitários que utilizam o transporte subsidiado pela Prefeitura de VINHEDO para estudarem em outros municípios devem comparecer à Central SIM, de 19 a 31 de janeiro, para efetuar o recadastramento. O procedimento poderá ser feito exclusivamente na Central SIM do Centro. Não haverá prorrogação. A Prefeitura, entretanto, pede tranquilidade aos estudantes para o recadastramento neste período, já que o atendimento será feito por ordem de chegada e com senha.

Quem não realizar o recadastramento neste período não poderá usufruir do subsídio do transporte universitário fornecido pela Prefeitura. O anúncio foi feito pelo prefeito após reunião, em seu gabinete, com os vereadores e secretários de governo.

“Enfrentamos uma situação econômica difícil no Brasil. Nos últimos 3 anos, considerando a inflação do período, a Prefeitura deixou de arrecadar R$ 162,3 milhões, sendo R$ 66,5 milhões somente no ano passado com ICMS. Este recadastramento é para que possamos estabelecer um novo formato. Não será mais fretamento, teremos um outro cenário que vamos apresentar para que possamos atender aos que mais precisam”, explicou o prefeito Jaime Cruz.

O secretário da Educação, Gilberto Lorenzon, reforçou a importância do recadastramento para que a Prefeitura possa analisar os dados e, assim, definir a forma que será efetivado o transporte universitário em 2017. O secretário, ainda, reforçou a importância da tranquilidade no processo de recadastramento na Central SIM, que será efetuado por ordem de chegada e com senha.


RECADASTRO

Para fazer o recadastramento será preciso apresentar na Central SIM os seguintes documentos:

– RG e CPF (se for menor, RG e CPF do responsável)

– Comprovante de endereço do estudante (ou documento que comprove o vínculo com o proprietário do endereço)

– Título de Eleitor

– Comprovante de matrícula (declaração original assinada pela instituição de ensino referente à matrícula, com data, horário do início e término da aula)

– Duas fotos 3X4

– Comprovante de endereço para o CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal).

Quem já possui o Cartão Cidadão terá de fazer a atualização dos dados e manifestar interesse pelo subsídio. O CadÚnico tem vigência e condições definidas pela Lei Federal 6135/07. No ato do cadastro ou recadastro, o aluno terá de informar também um número de conta e agência, com base na Lei Municipal 3270/09.

Vale destacar que quem informar dados falsos incorrerá em crime previsto em legislação. A definição de como será o auxílio aos estudantes vai depender do recadastramento.

468 ad