VINHEDO: Procon e Recap fazem ação de conscientização aos postos sobre divulgação de preços

O Procon VINHEDO realizou uma reunião com representantes do Recap (Sindicato dos Postos de Combustíveis de Campinas e Região), sobre a legislação referente à divulgação de promoções, diferença de precificação e o painel de componentes dos preços de combustíveis comercializados. O intuito é reforçar a conscientização de informar o consumidor de forma clara, objetiva e padronizada sobre ofertas, promoções, condições de pagamento e composição do preço. 


“Nosso objetivo é resolver de fato o problema enfrentado pelo consumidor e apesar de em alguns casos as sanções serem inevitáveis, a conscientização é essencial para que as boas práticas ocorram independente de fiscalização”, explica Carolina Nader, Diretora do Procon VINHEDO.


Entre as questões levantadas pelo Procon VINHEDO está a de promoções com falta de clareza, que induzem o consumidor a erro. A exemplo, cita-se estabelecimentos que divulgam de forma ostensiva apenas o valor promocional em dias da semana ou horários específicos. Outra queixa de consumidores é sobre a diferença de valor para pagamentos em dinheiro, com cartão de crédito, cartão frota, dentre outros. Embora a legislação federal permita, esta informação tem que estar clara e visível, para que o consumidor tenha, antes de realizar pagamento, a ciência sobre as condições de cada modalidade. 


O Recap desenvolve diversas campanhas de esclarecimentos à sociedade sobre o mercado de combustíveis de forma transparente, além de todo trabalho de orientação aos postos, sempre em defesa do livre mercado e da competitividade. Diante desse contato do Procon VINHEDO, o sindicato fez novas orientações aos postos revendedores para o cumprimento das legislações voltadas ao direito do consumidor.  
“Respondemos prontamente a solicitação do Procon, sabendo a importância desta medida. A transparência e a concorrência leal são pilares que defendemos no setor”, ressalta Fabio Sassaki, diretor do sindicato. O Procon VINHEDO realiza fiscalizações sobre este tema no mercado de consumo rotineiramente. “A colaboração e disponibilidade do Recap é de suma importância para informar os estabelecimentos e reforçar, caso necessário, a necessidade de se adequarem às diretrizes, pois é isso que irá evitar a instauração de procedimento administrativo/ sancionatório”, finaliza Carolina Nader.


(Fontes:ProconVinhedo/Recap/Da Redação #FOLHANOTICIAS)

Autor: GERALDO MAIA 2012

Compartilhe esta notícia no
468 ad